trupeolhodarua@gmail.com

2 de março de 2011

Trupe Olho da Rua - Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro 2010

Resultado do Prêmio CPT 2010 e a Trupe Olho da Rua teve a honra de ganhar Prêmio de Grupo Revelação 2010.

Dia 07 de fevereiro de 2011.

Maria Alice Vergueiro, Luciano Chirolli e Paschoal da Conceição, escolhidos como o Melhor Elenco, pelo espetáculo "As Três Velhas".
Por Letícia Holanda
Com a presença de Antunes Filho, Maria Alice Vergueiro, Paschoal da Conceição e Sebastião Milaré, a  classe artística teatral representada por cerca de 200 pessoas,  se reuniu na noite de ontem (07), no Teatro Coletivo, para conhecer os vencedores do Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro 2010, nas 14 categorias.
O prêmio de Melhor Dramaturgia foi dado a Antônio Rogério Toscano por “Bielski”, da Cia. Levante e o de Melhor Direção foi concedido a Rodolfo García Vasquez por “Roberto Zucco – Hipóteses para o amor e a verdade”, da Companhia de Teatro Os Satyros.
Maria Alice Vergueiro, Luciano Chirolli e Paschoal da Conceição foram escolhidos  como o Melhor Elenco, pelo espetáculo “As Três Velhas”, da Companhia de Teatro Pândega. E Antunes Filho, que no ano de 2010 esteve em cartaz com “Policarpo Quaresma”, recebeu o prêmio de Melhor trabalho apresentado em sala convencional, dividindo a premiação com Leonardo Moreira do espetáculo “Escuro” da Cia Hiato.
O prêmio não só reconheceu os trabalhos de São Paulo, mas também de grupos do litoral e interior paulista, como a Trupe Olho da Rua, da cidade de Santos que foi premiada como Companhia Revelação do ano de 2010;  “A farsa do advogado Pathelin”, do grupo Rosa dos Ventos (Presidente Prudente), escolhido como o Melhor Trabalho Apresentado em Rua e “Um dia ouvi a Lua”, da Cia. de Teatro da Cidade (São José dos Campos) premiado como melhor Trabalho apresentado no interior e litoral paulista.
Sebatião Milaré ganhou a categoria de melhor publicação com os livros: “Hierofania” (Edições SescSP) e “Batalha da Quimera” (Edições Funarte).
Américo Córdola, Secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC),   que compareceu a cerimônia falou sobre a importância da premiação. “Eu considero esse prêmio muito importante, por que é um reconhecimento de esforço de toda uma produção, ele é muito democrático, as categorias são muito criativas. É um importante momento de encontro, onde cada um respeita o trabalho do outro, e principalmente é um prêmio que reconhece grupos de todo Estado de São Paulo, não somente da capital. E o grande mérito é dar esse reconhecimento a grupos revelação junto com grandes mestres do teatro brasileiro.
Confira abaixo a lista completa dos premiados:
1- Dramaturgia – Criação individual ou coletiva em espetáculo apresentado em sala convencional, rua ou espaço não convencional
Ganhador
Antônio Rogério Toscano – Bielski
2 – Direção – Criação individual ou coletiva em espetáculo apresentado em sala convencional, rua ou espaço não convencional
Ganhador
Rodolfo García Vasquez, por Roberto Zucco / Hipóteses para o amor e a verdade.
3 – Elenco – Em espetáculo apresentado em sala convencional, rua ou espaço não convencional
Ganhador
- As três Velhas (Maria Alice Vergueiro, Luciano Chirolli e Paschoal da Conceição)
4 – Trabalho apresentado em sala convencional
Policarpo Quaresma (Antunes Filho)
5 – Trabalho apresentado em rua
Ganhador
A farsa do advogado Pathelin, da Companhia Rosa dos Ventos (Presidente Prudente)
6 – Trabalho apresentado em espaços não convencionais
Ganhador
A Saga do Menino Diamante – Uma Ópera Periférica, Coletivo Dolores Boca Aberta.
7 – Trabalho para plateia infanto-juvenil apresentado em sala convencional, rua ou espaço não convencional
Ganhador
Amazônia Adentro, da Cia. Conto em Cantos
8 – Grupo ou Companhia revelação, do interior, litoral ou capital do Estado
Ganhador
Trupe Olho da Rua (Santos)
9 – Trabalho apresentado no interior e litoral paulista, em sala convencional, rua ou espaço não convencional
Ganhador
Um dia ouvi a Lua, da Cia. de Teatro da Cidade (São José dos Campos)
10 – Projeto Visual – elementos plásticos e visuais do espetáculo e sua realização cênica: iluminação, cenografia, figurino, adereços, maquiagem
Ganhador
Paulo Faria: Re-bentos – Trilogia Degenerada.
11 – Projeto Sonoro – elementos sonoros do espetáculo e sua realização cênica: palavra, canto, trilha original ou adaptada, arranjos e sonoplastia.
Ganhador
Os Boêmios de Adoniran (Banda ao Vivo – Músicas de Adoniran Barbosa)
Músicos: Léo Ferreira, Marcelo Brandão, Vitor Ramos e Paulinho Farias.
12- Ocupação de espaço – Compreendendo sala convencional, rua ou espaços não convencionais, no interior, litoral ou capital do Estado.
Ganhador
V Edição da Mostra Lino Rojas
Pela ocupação na Praça do Patriarca e diferenciados outros espaços da periferia da cidade de São Paulo.
13 – Publicação dedicada ao universo do teatro, suas diversas vertentes, relações e linguagens, em projetos de Grupos e Companhias teatrais, instituições ou similares.
Ganhador
Sebastião Milaré Livros: Hierofania (Edições SescSP) e Batalha da Quimera (Edições Funarte).
14 – PRÊMIO ESPECIAL
Ganhador
Aos Movimentos 27 de Março, Roda do Fomento e Movimento de Teatro de Rua. (Pelo importante engajamento militante e político pela Cultura do País).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o interesse por nosso trabalho, acompanhe a programação!
trupeolhodarua@gmail.com

Abraços

Trupe Olho da Rua